O piso é uma parte muito importante de um ambiente, e é fato que certos pisos oferecem mais praticidade que outros. Sendo assim, eles são capazes de transformar e fazer a diferença no dia a dia.

Portanto, a escolha que você faz não deixa de ser importante, independente se for uma construção ou reforma, optar por um piso que não te agrade pode comprometer o lugar.

É normal surgir uma insegurança ao optar por um piso laminado, isso, pois muitas pessoas desconhecem se existem modelos que são resistentes à água.

Estamos aqui para esclarecer e fazer com que você escolha adequadamente e fique satisfeito, faremos com que encare este processo de mudanças de forma menos conturbada, afinal, não é possível ficar alterando o piso frequentemente, depois, vamos te ensinar o passo a passo sobre qual atitude tomar caso ele fique inchado.

O piso laminado resistente à água já chegou no mercado?

Primeiro, é importante ressaltar que existe uma diferença entre ser resistente e ser à prova d’água. Quando falamos que o piso é resistente à água quer dizer que o mesmo aguenta receber um contato mínimo com o líquido, desde que sejam apenas respingos, nada além, que possam comprometer o material. Então, podemos dizer que existe sim, pisos laminados resistentes á água.

Não confunda, hein, esses pisos não são semelhantes aos á prova d’água, caso recebam grandes quantidades de líquido, podem ficar deformados, portanto, não devem ser colocados em áreas externas ou que corram o risco de molhar.

Agora falando de limpeza, o material suporta tranquilamente uma faxina feita com um pano bem torcido.

O piso inchou?

Isso pode acontecer por vários fatores, e um deles é o contato com a água. Neste caso, confira o passo a passo de como resolver o problema:

  • Caso esteja num período mais quente, limpe a superfície com um pano seco e deixe com que entre ar no local.

Alternativas mais drásticas, desmontar

  • Recorra ao local onde o piso está inchado e desmonte, assim como as placas ao redor. (faça isso com cuidado, utilize um ângulo de quarenta e cinco graus).
  • Seque totalmente as placas.
  • Substitua o que foi danificado, coloque a tampa ao seu lugar inicial (use apenas um ângulo, também com muito cuidado para colocar o laminado novamente) e instale.
  • É normal que elas mudem de cor, portanto, é aconselhável se compre um pouco mais de material, para caso aconteça do piso pegar umidade, você já tenha uma solução.

Agora falando das vantagens deste piso, confira:

Como agora você já entendeu sobre a relação dos pisos com os líquidos, apresentaremos as vantagens de se ter este material: este piso é feito com madeira reflorestada; a sua instalação é fácil e rápida; promove conforto acústico e térmico; a sua limpeza é bem simples de ser feita; resistente e que não vai riscar com facilidade.

O que achou desse post? Caso tenhamos te convencido perante a escolha do seu piso, não deixe de conferir os nossos modelos no site. Leve personalidade para a sua casa, e não deixe de conferir os demais textos que estão por vir!