Quem está começando uma reforma ou comprando um lar novo tem muitas dúvidas. Quando chega o momento de trocar o piso, aparece uma nova:         qual a diferença entre pisos vinílicos e laminados?

Nesse artigo, você terá suas dúvidas respondidas, e saberá diferenciar ambos os pisos.

Mas, antes de tudo, precisamos saber o que são cada um desses pisos. Vamos lá!

O Que São Pisos Vinílicos?

O piso vinílico é o ideal para quem quer a elegância da madeira sem ter muito trabalho e gastar pouco com a manutenção. Ele é muito comparado com o laminado. Mas, tem uma diferença que é preciso destacar. Enquanto o piso laminado possui uma manta na sua parte inferior, o vinílico pode ser colocado no contrapiso, facilitando a instalação. Mesmo assim, sempre contrate um profissional de qualidade para realizar a tarefa.

Ele também pode ser usado em comércio e empresas, sendo muito bom para tráfego de pessoas.

O piso vinílico possui 2 tipos: madeira e alto tráfego.

O que são pisos laminados?

O piso laminado é construído por lâminas de madeira de diferentes comprimentos e larguras, composto por HDF. Ele é usado principalmente como isolante térmico e acústico.

Atualmente, existem dois tipos de pisos laminados: madeira e alto tráfego.

Sua instalação é super prática, precisando de uma manta para revestir o local, que deve estar seco.

Além disso, a sua limpeza é muito fácil, podendo ser feita sem dificuldades.

Qual a diferença do vinílico para o laminado?

Durante muito tempo, a  principal diferença entre pisos laminados e vinílicos esteve em quem adquiria os produtos. Enquanto os moradores optavam pelo laminado, os arquitetos e engenheiros davam prioridade para o vinílico. Porém, essa realidade mudou!

Atualmente, ambos os pisos são muito vendidos, para os públicos. A decisão fica por conta da situação em na qual a residência se encontra.

Por exemplo, os pisos vinílicos melhoram muito a acústica do espaço. Sendo assim, perfeitos para donos de apartamento. Com a instalação desse produto, você evita que ruídos de dentro do seu lar chegue nos vizinhos.

Além de residências, estúdios de música também optam por essa opção.

Qual é mais fácil de instalar?

A instalação desses pisos são um pouco diferentes.

O piso vinílico pode ser instalado no contrapiso, contato que ele esteja seco e bem nivelado. Caso o espaço não esteja nessa situação, é indicado passar uma massa niveladora, para que o chão fique perfeito, evitando qualquer problema futuro.

Já o piso laminado, conta com uma manta em sua parte inferior. Assim, o material não entra em contato com o solo, sendo mantido sempre seco e protegido.

Apenar de ambas as instalações serem bem simples, é preciso sempre ter ao seu lado um profissional de confiança. Afinal, sabemos que um trabalho feito de forma inadequada pode gerar complicações futuras.